vídeo

Lançamento do site: Um pé de que?

Pindorama Filmes

Poucas vezes estive tão animado com um lançamento de um site novo, mas para quem já assistiu o programa "Um Pé de quê?" da Futura sabe o que significa ter grande parte do acervo do programa agora disponível na internet.

O programa do Canal Futura que acaba de comemorar seu décimo aniversário, acaba de nos presentear com um site com informações de mais de 100 espécies de árvores.
Não posso deixar de honrar uma das iniciativas mais inteligentes da mídia brasileira para divulgação dessa nossa gloriosa biodiversidade. A Regina Casé é a pessoa perfeita para nos aproximar desse mundo de conhecimento e cultura. O site conta também com um guia visual de identificação de espécies. E o melhor de tudo é que cada espécie traz uma versão compacta do programa que foi ao ar.

Inclua o site nos seus favoritos para garantir meses de conhecimento (e diversão!): www.umpedeque.com.br.

Assista ao tutorial abaixo sobre o uso do site:

Espécies abordadas pelo programa

  • Sapucaia – Lecythis pisonis
  • Embaúba – Cecropia pachystachya
  • Buriti – Mauritia flexuosa
  • Abricó de Macaco – Couroupita guianensis
  • Juçara – Euterpe edulis
  • Paineira – Chorisia speciosa
  • Figueira – Fícus guaranitica
  • Dendê – Elaeis guineensis
  • Jatobá – Hymenaeae courbaril
  • Favela – Cnidos colus phyllacanthus
  • Juazeiro – Zizyphus joazeiro
  • Coqueiro – Cocos nucifera
  • Pau-Brasil – Caesalpinia echinata
  • Araucária – Araucária angustifolia
  • Pau-Ferro – Caesalpinia ferrea
  • Jequitibá – Cariniana estrellensis
  • Ipê – Tebuia impetiginosa
  • Guapuruvu – Schizolobium parahyba
  • Bananeira – Musa paradisiaca
  • Jurema – Minosa tenuiflore
  • Jacarandá – Dalbergia nigra
  • Carnaúba – Copernicia prunifera
  • Mangue – Rhizofora mangle
  • Seringueira – Hevea brasiliensis
  • Cajueiro – Anarcadium ocidentali
  • Jaqueira – Artocarpus heterophyllus
  • Castanheira – Bertholletia excelsa
  • Bambú – Bambusa vulgaris
  • Erva Mate – Ilex paraguariensis
  • Eucalipto – Eucalyptus globulus
  • Goiabeira – Psidium guajava
  • Imbuía – Ocotea porosa ?
  • Pau- Mulato – Calycophyllum spruceanum
  • Amendoeira – Terminalia catappa L.
  • Pau-Santo – Bulnesia sarmietoi
  • Quebracho – Schinopsis brasiliensis
  • Cajá Mirim – Spondias mombin
  • Cacau – Theobroma cacao
  • Mogno – Swietenia macrophylla
  • Piaçava – Attalea funifera
  • Camaçari – Caraipa Fasciculata
  • Oiti – Licania tomentosa
  • Quaresmeira – Tibouchina granulosa
  • Fruta Pão – Artocarpus altilis
  • Tataré – Chloreucon tortum
  • Candeia – Cremanthus erythropappus
  • Aroeira – Miracrodum urundeuva
  • Mangueira – Mangifera indica
  • Palmeira Imperial – Rouystonea oleracea
  • Saputiaba – Sideroxylon obtusifolium
  • Laranjeira – Citrus aurontium L.
  • Jamelão – Eugenia jambolana
  • Jerivá – Syagrus romanzoffiana
  • Cedro – Cedrela fissilis
  • Umbu – Spondias tuberosa
  • Tipuana – Tipuana tipu
  • Andiroba – Carapa guianensis
  • Cupuaçu – Theobroma grandiflorum
  • Bacuri – Platonia insignis
  • Lixeira – Curatella americana
  • Breu-Branco – Protius heptaphyllum
  • Amapá – Parahancornia amapa
  • Sumaúma – Ceiba pentandra
  • Roxinho – Peltogyne angustiflora
  • Tucumã – Astrocaryum vulgare
  • Açaí – Euterpe oleracea
  • Assacu – Hura crepitans
  • Babaçu – Orbignya speaciosa
  • Caixeta – Tabebuia cassinoides
  • Palmito Hibrido – Euterpe edulis (juçara) x Euterpe oleracea (açaí)
  • Cabreúva – Myrocarpus frondosus
  • Pitomba – Talisia esculenta
  • Mulungu – Erytrina mulungu
  • Xaxim – Dicksonia sellowiana
  • Clúsia – Clusia Hilariana
  • Sibipiruna – Caesalpinia peltophoroides
  • Burra Leiteira – Sapium sceleratum
  • Ingá – Inga uruguensis
  • Bouganville – Bouganivillea glabra
  • Peroba – Paratecoma peroba
  • Indaiá – Attalea dubia
  • Cutieira – Joannesia princeps
  • Chichá – Sterculia chicha
  • Eugênia Copacabanensis
  • Eugênia Marambaiensis
  • Guanandi – Calophilum brasiliense
  • Almesca – Protium spruceanum
  • Biriba – Escshweira ovata
  • Abacate – Persea americana Mill.
  • Jaboticaba – Eugenia caulifora
  • Romã – Punica Granatum
  • Tamarindo – Tamarindus indica
  • Mangue – Negro – Avicennia Schauerianna
  • Café – Coffea arábica
  • Barbatimão – Cássia leptophylla
  • Baobá – Adansonia Digitata
  • Pau – Preto – Dalbergia melanoxylon
  • Canho – Sclerocarya birrea
  • Ipê Verde – Cybistax antisyphilitica
  • Pitanga – Eugenia uniflora
  • Mangaba – Hancornia speciosa
  • Randia itatiaiae
  • Jambo – Eugenia malaccensis L.
  • Umbu – Spondias tuberosa
  • Visgueiro – Parkia platycephala
  • Catolé/Pindoba – Syagrus oleracea
  • Camélia – Camellia japonica
  • Jardim Botânico 200 anos
  • Pau-D’alho – Gallesia integrifolia
  • Cana-de-açúcar – Saccharum officinarum
  • Ouricuri – Syagrus coronata
  • Mandioca – Manihot esculenta
  • Macaúba – Acrocomia aculeata
  • Tamboril – Enterolobium contortisliquum (Vell.) Morong
  • Lobeira – Solanum lycocarpum
  • Pequi – Caryocar brasiliense
  • Cannabis – Cannabis sativa / Cannabis indica

Fonte: Wikipedia

Esta entrada foi publicada em Plantas, Vídeos e marcada com as tags , .

7 respostas a Lançamento do site: Um pé de que?

  1. carlos affonso b.pereira disse:

    muito bom o programa.assisti muitos episodios, mas faltaram alguns.muito boa esta iniciatiativa porque poderemos recuperar os que não assistimos. grato . carlos affonso

  2. O programa é tudo de bom,continuem assim! Aquele abraço!

  3. Ignez Freitas disse:

    Parabéns! Gostaria que fosse mais divulgado, a Regina poderia sempre falar dele no programa Esquenta

  4. Neyde de Oliveira disse:

    Que projeto maravilhoso! !!!!
    O mundo está carente de pessoas que abracem e cuidem da nossa FAUNA e Flora.

  5. Marcelo Alves Correa disse:

    Regina porque vc nao faz um programa dedicado para que as pessoas possam dar suas ideias para evitar o aquecimento da terra !!!

  6. Claudia correa disse:

    Por favor ajudem a devolver o mangue à praia de coroa Grande no Rio de Janeiro.
    Existem alguns pés de mangue nascendo mas os comerciantes arrancam.
    Aquele lugar merece renascer.
    Lá era um grande pólo pesqueiro, muitas famílias tiravam seu sustento de lá. Mas a natureza foi violentada pela ganância.

  7. Iza Duarte Gonçalves disse:

    Sou apaixonada por árvores.
    Paro em qualquer lugar para olhá-las.Adorei o projeto.Precisamos de um mundo mais arborizado, mais verde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *